fbpx

Leonardo Laurini Marçal (CRP 06/174909)

R. Otto Benz, 1199 - Nova Ribeirânia, Ribeirão Preto - SP
  • Modalidades de Atendimento:
    Consultório, Online
  • Faixa Etária de Atendimento:
    Adolescente (13 a 18 anos), Adulto (19 a 59 anos), Idoso (+60 anos)

Olá, bem vindo (a) ao meu perfil. Aqui vou compartilhar com você meu percurso dentro da psicanálise e como ela me ajudou na minha própria compreensão e espero que também possa te ajudar. Comecei meu percurso na psicanálise após uma aula no primeiro período de psicologia em que o professor nos perguntou “para quem vocês fazem psicologia?”. A partir desta pergunta busquei compreender qual o papel da psicologia e estudar mais para poder responder a essa pergunta com maior propriedade. Para isto busquei meus veteranos de curso que me indicaram um grupo de estudos de psicanálise e contemporaneidade que buscava compreender tais perguntas e discuti-las com base na teoria. Durante esse grupo tive meu primeiro contato com Freud e com a psicanálise de maneira a compreender o vienense a partir de seus próprios textos e discussões. Mantive meu contato com a teoria freudiana por meio deste grupo e também por outro grupo que se dedicava inteiramente ao autor. Porém, durante meu caminho dentro do curso de psicologia conheci Lacan e fui conquistado pelo pensamento do autor, fui fazer uma iniciação científica com orientação de um professor que me apresentou a obra do frances. Durante o percurso da pesquisa me envolvi com o campo lacaniano e me decidi por dar continuidade nesta abordagem teórica quando ingressei nos estágios. Meus estágios foram realizados em três âmbitos da clínica: atendimento em grupo, plantão psicológico e atendimento individual presencial e online. Durante um ano de estágio atuei com plantões psicológicos que tem seu foco no acolhimento e compreensão do momento atual de vida com a escuta focada e atenta para o presente. No mesmo ano que estive nos plantões também atendi pelo CAPS – Maria Boneca como co-terapeuta de grupo, auxiliado por outra psicóloga que me guiava pelos atendimentos. Já nos outros anos que estive em período de estágio atuei na clínica como psicoterapeuta individual, guiado pela psicanálise, sendo que no ultimo ano estive focado na clínica de atendimentos online buscando a melhor forma de atender nesta modalidade. Atualmente me encontro em uma escola internacional de psicanálise, APOLa (Apertura Para Otro Lacan) mantendo contato com analistas ao redor do mundo. Por fim, agora sinto que consigo responder melhor a pergunta que iniciou meu percurso. Eu faço psicologia para quem precisa de alívio para o sofrimento e para isso tenho a psicanálise como minha ferramenta de trabalho


Tipo de Atendimento

Endereço

Fale com esse Psi

    Forma de Contato