Login

Blog

Latest News
Há vazios que não podem ser preenchidos

Há vazios que não podem ser preenchidos

É possível estar feliz o tempo inteiro?

Quais seriam os possíveis efeitos da positividade extrema?

Fazendo uma analogia boba, é como se o Instagram fosse nossa vida e os filtros fossem a forma como queremos nos mostrar. Quando não estamos bem maquiamos nossas emoções, mas a verdade é que sufoca-las não faz com que deixem de existir, elas ainda vão estar lá e pior, não resolvidas.

A positividade extrema pode gerar culpa, porque, afinal, se nós não aceitamos os nossos sentimentos negativos tentaremos escondê-los de nós e das outras pessoas, mas eles não vão ficar escondidos para sempre, não é mesmo?

E aí quando vierem à tona novamente podem trazer junto com eles um sentimento de culpa: “por que eu estou me sentindo assim? Eu tenho tantos motivos para estar bem…” “E essa alegria toda que eu demonstro? É falsa?” Pode gerar também o desconhecimento das nossas próprias emoções porque se as rejeitamos nós não planejamos investiga-las, nem compreende-las, estamos basicamente jogando para debaixo do tapete.

Então, quando embarcamos nessa, negamos a realidade e tentamos substituir as emoções negativas por emoções positivas, usando doses homeopáticas de alegria para substituir o que chamamos de vazio ao invés de vivê-las e compreendê-las.

Se você sente que sua dor está grande demais para ser suportada, talvez seja um bom momento para procurar ajuda profissional.

Conte com a nossa escuta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *